Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog PT Empresas

Conheça e inspire-se para melhorar o seu negócio. Siga as últimas tendências tecnológicas e conheça histórias de sucesso.

IoT Challenge premeia mais três projetos

IoT Challenge premeia mais três projetos

A Internet das Coisas ou Internet of Things (IoT) como é mais conhecido, é uma expressão que está cada vez mais presente no vocabulário atual. É neste conceito que se enquadram todas as coisas ligadas à Internet e com as quais interagimos. Muitas vezes, sem dar conta que estamos perante esta tecnologia.

 

Comandar o ar condicionado, o frigorífico uma máquina ou a iluminação são ações já amplamente utilizadas nas empresas, mas também nas casas. E é neste presente em desenvolvimento que a IoT se está a focar para colocar a tecnologia ao serviço das pessoas e das empresas.


Poder controlar a iluminação à distância pode até parecer algo inócuo, mas quantas vezes tem de voltar atrás para confirmar se desligou a luz? Se uma lâmpada numa casa pode significar pouco consumo (se for LED, essencialmente), numa empresa o custo é mais pesado. Para a fatura de energia e também para o ambiente.


Por isso, pegar no smartphone e confirmar que tudo está bem, através de uma aplicação, a quilómetros de distância, é uma funcionalidade bastante útil.


O tempo é também um recurso valioso e é por isso que as empresas devem olhar mais seriamente para soluções IoT. E há, no mercado, uma grande quantidade de pessoas a trabalhar no sentido de desenvolver novas coisas para ligar à Internet. Sensores que permitem controlar stocks ou ocupação de um espaço de grandes dimensões, como um armazém, são desafios futuristas para empresas que apostam, por exemplo, na distribuição.


Empresas como a Amazon, por exemplo, têm os seus processos bastante otimizados e continuam a apostar no desenvolvimento de novas ferramentas. Só desta forma conseguem dar uma resposta global.


Para apoiar o desenvolvimento de novas soluções em Portugal, o IoT Challenge lança este desafio às equipas participantes. Já na quarta edição, este ano foi proposto aos participantes que apresentassem uma solução que desse resposta a use cases de localização, retalho ou saúde, utilizando os serviços IoT da oferta empresarial da empresa.

 

Com base no tema as equipas a concurso tiveram de responder a um destes três desafios: aplicar a localização IoT a contextos de logística, segurança ou outros; criar uma solução IoT para o setor do retalho, como por exemplo, controlo de stocks ou rentabilização dos espaços de um armazém; ou, por fim, apresentar uma solução na área da saúde, que permita monitorizar remotamente parâmetros clínicos, entre outras possibilidades.


A Mater Dynamics foi uma das vencedoras com o projeto de Localização “QStamp + mdFLux”, um microcircuito de baixo consumo, suportado pela Narrow Band-IoT, rede móvel Low Power Wide Area, que garante a conectividade IoT com baixo consumo de energia do equipamento, permitindo maior longevidade da bateria.

 

O “QStamp + mdFLux” é uma instalação plug-and-play, que se aplica, como uma etiqueta, nos ativos a monitorizar, em termos de localização, temperatura ou humidade.

 

A Tempo Cloud Technology foi premiada pela solução “Wall-i - Smart Offline Marketing”, uma solução de Marketing offline inteligente para a área do retalho, que combina Inteligência Artificial para medir a exposição e performance da loja através de publicidade em ecrãs, utilizando sistemas de reconhecimento de audiência via computador (quantas pessoas passam perto da loja, quantas pessoas entram na loja, género, idade, etc) e utiliza IoT para adequar os conteúdos passados no ecrã em qualquer tipo de LCD ou tablet.


A I DO – Technology também conquistou o júri com o projeto de “Localização de Ativos de alto valor”, que faz a localização de bens móveis e equipamentos eletrónicos, em tempo real, como por exemplo, cadeiras de rodas ou macas, quando pensamos no setor da saúde.

 

"São jovens que trazem soluções na área da internet das coisas e que nós queremos estimular, não só pelo talento e capacidade técnica que demonstram, mas também pela oportunidade de incorporarmos estas soluções nas nossas ofertas do mercado empresarial", afirmou Alexandre Fonseca, Presidente Executivo da Altice Portugal.

 

Nuno Nunes, Chief Sales Officer B2B da Altice Portugal, o novo responsável pelo mercado empresarial, refere que "o IoT Challenge é mais um contributo da marca empresarial não só para identificar e encorajar o talento português, mas também para apoiar as empresas e o desenvolvimento económico do nosso país. A tecnologia IoT tem crescido bastante a nível mundial, afirmando-se como um dos maiores motores de inovação tecnológica e económica. Numa altura em que a transformação digital está cada vez mais no centro da estratégia de sucesso das empresas, posicionamo-nos como o parceiro de referência para o desenvolvimento tecnológico do tecido empresarial português."

 

O responsável pelo mercado empresarial da Altice Portugal salientou a importância desta iniciativa, já que nos permite "agregar as melhores soluções para integrar na nossa plataforma IoT e fazer o Go to Market com aquilo que nós entendemos que vai endereçar o maior universo possível", acrescentando que "o caminho é perceber quais são as melhores soluções tecnológicas, que enderecem o maior número de clientes, e a partir daí, crescer".

 

E o crescimento nesta área é bastante significativo, já que "se pensarmos que a internet das coisas cresce biliões de dólares a nível mundial todos os anos, não passa pela cabeça de nenhuma tecnológica, sendo nós uma tecnológica, não investir nesta área", enfatiza Nuno Nunes.

 

Foram 10 as equipas que responderam ao desafio e desenvolveram os seus projetos utilizando os serviços de conectividade IoT da marca empresarial da Altice Portugal. Entre os meses de julho e setembro, os participantes puderam testar os seus projetos no laboratório golabs.IoT da Altice Portugal, de acordo com um plano de trabalhos acordado previamente.


Para além das condições especiais no acesso a serviços IoT da Altice Portugal para todos os participantes - IoT Place e IoT Connect -, foram atribuídos prémios aos três melhores classificados, incluindo Beta Passes para o Web Summit 2019, com exposição co-brand com a Altice Portugal.


Ao longo de quatro edições, o IoT Challenge juntou mais de 180 participantes e premiou um total de 15 equipas vencedoras, naquilo que é uma verdadeira oportunidade de agregar e identificar os melhores talentos da área da tecnologia em Portugal, dando-lhes as ferramentas para que possam fazer também parte do processo de transformação digital do tecido empresarial português, através de uma extensa rede de clientes e parceiros.

 

Artigos Relacionados

  • A tecnologia ao serviço do ambiente

    A preocupação com o ambiente tem de ir mais longe do que apenas agir para tratar as doenças que surgem associadas a elevados níveis de poluição.Saiba mais

  • Tudo pronto para abraçar a NB-IoT?

    Esta rede funciona com o mesmo sistema das redes dos telemóveis, apenas numa banda mais estreita.Saiba mais

  • Como podem as empresas tirar partido da IoT e ajudar na Inteligência Urbana?

    As autarquias têm de assegurar uma rede escolar de qualidade, infraestruturas de animação, comércio e saúde.Saiba mais

 

Soluções Recomendadas

  • Iot Place

    IOT PLACE

    Para criar e gerir as suas soluções IoT com simplicidade e rapidez, de forma segura e escalável.​​Saiba mais

  • Monitorização Ambiental

    Monitorização Ambiental

    Monitorize remotamente e em tempo real os níveis de poluição do ar e níveis de ruído.Saiba mais

  • Telemedicina

    TELEMEDICINA

    Uma consulta médica à distância de um clique.Saiba mais

Pesquisar

 

Newsletter