Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog PT Empresas

Conheça e inspire-se para melhorar o seu negócio. Siga as últimas tendências tecnológicas e conheça histórias de sucesso.

Trabalhar à distância, mitos e realidade

Trabalhar à distância, mitos e realidade

Há muitos anos que se discute a possibilidade de uma pessoa poder trabalhar remotamente. Um conceito que cresceu muito ao nível das funções desempenhadas por colaboradores na área das novas tecnologias mas que, cada vez mais, se podem aplicar a uma grande parte das funções desempenhadas nas mais diversas áreas.

 

 

A discussão continua acesa e há mesmo estudos dedicados ao tema. Cada um a defender as vantagens e desvantagens do trabalho à distância. Mas, na prática, tirando as funções delegadas em engenheiros técnicos, que podem estar a desenvolver código na Índia, "contratados" por uma empresa no outro lado do mundo, poucas são as empresas a colocar em prática o trabalho à distância. Mesmo aquelas que olham para a distância como um benefício.

 

Serão tudo meros preconceitos, aos quais estamos habituados, e que dificilmente se conseguem ultrapassar? Como pode uma empresa saber se é viável ter pessoas a trabalhar remotamente?

O melhor colaborador pode estar no norte ou no sul, no interior ou no litoral, não precisa de estar num raio aceitável para as deslocações diárias. 

O primeiro exercício a fazer por um gestor será identificar se determinadas funções dependem da localização do colaborador. Se a distância não se apresenta como um problema, o passo seguinte será avaliar as características individuais de cada colaborador. É preciso recordar que cada pessoa age de forma diferente perante esta "independência". Além disso, não existe uma receita única para o trabalho à distância. Cada caso deve ser analisado e adaptado. Mas há pontos comuns.

 

As empresas, mesmo as mais evoluídas do ponto de vista tecnológico, ainda se debatem com alguns processos que exigem uma reunião presencial, por norma demorada, a olhar para apresentações (que cada um tenta relatar da forma mais rápida possível) para, ao fim de uma ou duas horas, se terminar com aquela sensação de perda de tempo. É óbvio que se tira sempre algum partido das reuniões e elas são cruciais para a implementação e definição da estratégia mas, quando se pensa bem, será necessário estarem, sempre, todos na mesma sala?

 

Por isso, se há casos em que se justifica e é saudável para as relações interpessoais, uma reunião periódica presencial, há outros em que este tempo poderia estar a ser usado de forma mais produtiva. Afinal, quando se realiza uma teleconferência com um cliente ou com o escritório do outro lado do mundo, as coisas também fluem.

 

Mas as grandes vantagens, as tais que são consensuais, talvez estejam ao nível da saúde dos colaboradores já que, de acordo com diversos estudos, aqueles que trabalham à distância, apresentam níveis de stress muito reduzidos quando comparados com aqueles que diariamente se deslocam para a empresa.

 

Principais vantagens do trabalho à distância

  1. Colaboradores menos stressados

Cada vez mais as pessoas vivem fora das grandes cidades, o que obriga a deslocações diárias, por vezes com mais de duas horas por percurso, com todas as desvantagens que isso acarreta. Atrasos dos transportes públicos, filas de trânsito, perder o transporte público por apenas um segundo. Quando uma pessoa chega ao local de trabalho, já transborda stress. Isso tem impacto na saúde e na performance dos colaboradores.

De acordo com um estudo do UK Office of National Statistics, os "commuters" são mais infelizes, "sentem que as suas atividades diárias não valem nada, têm níveis de felicidade mais reduzidos e taxas de stress mais elevadas do que as pessoas que não precisam de fazer grandes distâncias para o trabalho". Além disso, menos deslocações, menor a pegada de carbono.

 

  1. Melhor alimentação e poupança substancial

Uma pessoa que tenha de comer fora diariamente gasta, em média, seis a oito euros numa refeição. E, muitas vezes, longe daquilo que será o ideal de uma boa alimentação. Ao trabalhar a partir de casa poderá controlar não apenas aquilo que come mas também o que gasta mensalmente. Mais dinheiro ao final do mês, melhor saúde, nível de entusiasmo mais elevado.

 

  1. À distância, não precisa de ser em casa

Quando se trabalha à distância, e dependendo de cada função, os colaboradores podem estar em casa, numa esplanada ou café. Abrem-se também novas oportunidades de negócio para alguns estabelecimentos que, com uma boa rede de comunicações, "convidam" estes novos clientes para os seus espaços.

 

  1. Empresa beneficia com a felicidade

Num regime de trabalho à distância, tendo em conta os dois pontos anteriores, os colaboradores estarão, de forma geral, mais felizes. Isso implica um maior nível de produtividade e foco nas funções a desempenhar. Quando usado de forma sensata, o trabalho à distância irá reduzir o nível de absentismo. Estar na empresa é diferente de estar a trabalhar. Além disso, os colaboradores poderão gerir o seu horário e adaptar consoante as suas necessidades, de forma a cumprir os objetivos e prazos da empresa.

 

  1. Melhores ligações

A penetração de smartphones e redes sociais provam que não é preciso estar ao lado de uma pessoa para comunicar de forma eficaz. Hoje em dia, com as soluções e colaboração baseadas na cloud, vídeo conferência, políticas de BYOD - Bring Your Own Device, acessos remotos através de VPN, existe todo um novo mundo para as empresas explorarem de forma a tirar o máximo benefício das comunicações, mantendo o nível de entusiasmo dos colaboradores no máximo.

 

  1. Custos mais reduzidos

Uma empresa pode poupar muito com a redução do espaço necessário por colaborador. Há muito que se sabe que as novas tecnologias irão "roubar" algumas funções mas muitos postos de trabalho podem ser poupados se as empresas conseguirem otimizar os seus recursos e o custo efetivo que têm em termos de espaço. Além disso, o trabalho à distância potencia o aparecimento de novas funções que ainda estão para surgir.

 

  1. Mercado de trabalho mais abrangente

Para uma empresa que adopta funções desempenhadas por colaboradores à distância, abrem-se novas oportunidades que estão vedadas pela geografia. O melhor colaborador pode estar no norte ou no sul, no interior ou no litoral, não precisa de estar num raio aceitável para as deslocações diárias.

 

Além de eliminar as barreiras geográficas, que permitem trabalhar com o recurso mais qualificado e não com o que está mais perto (que pode não ser o mais adequado à função), as empresas conseguem obter mais benefícios do que riscos ao adoptar um sistema de trabalho à distância. As tecnologias já o permitem e a evolução, que vai "roubar" alguns postos de trabalho no futuro, obriga ao aparecimento de novas funções. A uma adaptação a esta nova realidade.

Artigos Relacionados

  • INFOGRAFIA: AS NOVAS FERRAMENTAS DE TRABALHO

    O termo ferramenta tem vindo, ao longo dos anos, a assumir novos instrumentos.Saiba mais

  • COMUNICAÇÕES UNIFICADAS: SABER COMUNICAR É CRUCIAL PARA AS EMPRESAS

    Comunicar tem sido, desde sempre, o grande desafio da humanidade. Bem analisadas as coisas, até as abelhas possuem um intrincado sistema de comunicação.Saiba mais

  • A SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO É CRUCIAL PARA A PRODUTIVIDADE

    Atualmente fala-se muito da saúde financeira das empresas e muito pouco da saúde das pessoas.Saiba mais

Soluções Recomendadas

  • Soluções de Conferência

    SOLUÇÕES DE CONFERÊNCIA

    Ganhe eficiência com reuniões em qualquer lugar ou equipamento.Saiba mais

  • Desktop Remoto

    DESKTOP REMOTO

    Transforme o seu PC num PC virtual e leve-o sempre consigo.Saiba mais

  • Central Telefónica Virtual

    CENTRAL TELEFÓNICA VIRTUAL

    Para uma gestão eficaz de todas as chamadas da sua empresa.Saiba mais