Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog PT Empresas

Conheça e inspire-se para melhorar o seu negócio. Siga as últimas tendências tecnológicas e conheça histórias de sucesso.

Negócios sazonais: 10 dicas para manter a casa cheia em época baixa

Negócios sazonais: 10 dicas para manter a casa cheia em época baixa

Se tem um negócio sazonal, ou trabalha numa área geográfica que só tem afluência em certas alturas do ano, sabe que um dos maiores desafios é manter o dinheiro a fluir fora da época alta. Por vezes, as empresas têm de garantir, em poucos meses, o lucro suficiente para todo o ano, o que não é tarefa fácil e pode levar a ter de dispensar pessoal durante a época baixa.

 

Mas, seja numa gelataria ou numa loja de artigos de ski, existem ideias originais e alternativas que podem ajudar a manter bons níveis de negócio durante todo o ano. Vamos descobri-las?


1 – Expandir a base de clientes durante a época alta

Se é na época alta que o seu negócio está “como peixe na água”, é fundamental aproveitá-la ao máximo para alargar a sua base de clientes, aumentando assim a probabilidade de os ver regressar mais tarde. Uma alternativa é criar um programa de recomendações, oferecendo vantagens aos clientes que levem amigos a conhecer o seu negócio e depois aos amigos que se fidelizem. Esta não é uma ideia que se adapte perfeitamente a todos os mercados, mas dê asas à imaginação e descubra uma forma de implementar uma solução do género. Em ginásios, spas, centros de estética pode funcionar muito bem.

 

2 – Implementar um programa de fidelização

A tendência dos cartões e dos programas de pontos veio para ficar e de facto é uma forma eficaz de promover e impulsionar negócios, porque toda a gente gosta de receber algo grátis. Experimente criar um cartão que ofereça um produto na compra de 10, ou um desconto após 10 visitas à sua loja. Esta é uma forma de premiar a fidelidade dos seus clientes e dar-lhes um motivo para voltar, mesmo em época baixa. Em vez de um cartão físico, ou como complemento do mesmo, pode optar por criar uma app Mobile.

 

3 - Oferecer produtos ou serviços extra

No seguimento do ponto anterior, oferecer algo extra é uma forma de constituir uma base de clientes que levem o nome do seu negócio além das suas fronteiras locais e temporais. Na compra de produtos ofereça amostras de outros, faça o “leve dois pague um” ou crie dias da semana específicos para este tipo de iniciativas. Desta forma deixa os seus clientes mais satisfeitos e aproveita ainda para divulgar novos produtos, ou escoar os que tenham menos saída.

 

4 - Promoções surpresa

Fazer grandes promoções de surpresa – como o Pingo Doce fez no 1º de Maio – e usar uma estratégia de comunicação na base do passa-palavra pode ser uma forma de chamar muita gente à sua loja. Em vez de publicitar as promoções da maneira tradicional, isto é, afixando cartazes na montra com alguma antecedência, experimente só afixá-los no próprio dia e entretanto pedir aos colaboradores que mencionem as promoções aos clientes, disfarçadamente. O efeito “segredo” juntamente com o passa-palavra dos clientes pode espalhar-se como fogo e atrair muita gente que queira aproveitar preços mais baixos ou uma oportunidade mais “exclusiva”.

 

5 – Fazer parte da comunidade

Outra forma de aumentar a afluência de clientes durante a época baixa é organizar eventos em datas importantes para a comunidade, com preços especiais e ofertas à mistura. Misture-se com as festas da cidade ou celebre feriados locais, fomentando o espírito de pertença. Tornar-se parte da comunidade significa que as pessoas vão visitar o seu negócio em qualquer época do ano, porque se identificam com a sua marca ou com o serviço que oferece, porque lhes é familiar e porque o sentem como parte das suas vidas.

 

6 - Adaptar o marketing à época baixa

Lembra-se dos anúncios da Ferrero, que no verão nos avisavam de que os produtos só voltariam a estar à venda no Outono? Esta estratégia funciona bem no que toca a negócios sazonais – trata-se de apostar na antecipação da época alta, criando nos clientes uma expectativa e um desejo pelo produto. Por esse motivo, mesmo em pleno verão uma empresa pode encontrar formas inteligentes de publicitar produtos natalícios; ou no inverno, de bebidas frescas em praias paradisíacas. É algo tipicamente português: queixamo-nos do calor no verão e do frio no inverno – a famosa frase “eu só estou bem onde eu não estou”. Há que jogar com isso e pôr o imaginário nacional ao serviço do seu negócio.

 

8 - Manter-se em contacto o ano inteiro

Se não quer que os clientes o esqueçam na época baixa, e até para criar a antecipação que mencionámos acima, deve manter-se em contacto ao longo do ano, embora com menor frequência e nunca de modo intrusivo. Existem soluções no mercado que permitem comunicar via SMS e oferecer promoções a clientes nas imediações, ou até enviar SMS com resposta, o que possibilita a criação de passatempos ou outras iniciativas com algum tipo de interatividade, que servem para aprofundar laços com a marca e gerar clientes mais fieis.

 

9 – Conquistar nichos de mercado

Se o seu negócio está direcionado para uma dada época do ano, ou atividade específica, porque não dar-lhe um pequeno “twist” que lhe permita abranger outro público-alvo? Focar-se num nicho de mercado, tornando-se essencial para esses clientes na época baixa, pode ser uma boa aposta. Assim, imagine que tem uma pizzaria em Monte Gordo mas não consegue cobrir as despesas durante a época baixa. Porque não intensificar a oferta de pizzas vegetarianas, ou dedicar-se a produtos sem glúten e sem lactose? Ao oferecer bens escassos a minorias específicas pode tornar-se essencial na vida de alguns clientes e assim assegurar o sucesso durante os meses mais parados.

 

10 - Apostar na inovação

Finalmente, apostar na internet, nas redes sociais e na tecnologia mobile, bem como em outras inovações, é o caminho para negócios de qualquer dimensão terem mais sucesso. Já pensou em oferecer aos clientes a possibilidade de pagar com o telemóvel? Há muitas formas de impressionar os clientes e trazer o seu negócio para o século XXI, nem que seja modernizar o espaço com mensagens promocionais.

 

São várias as estratégias que pode adotar para fazer vingar o seu negócio na época baixa e certamente nem todas as que apresentámos se adaptam a cem por cento à sua realidade. Mas com um pouco de imaginação e algum investimento, é possível reinventar a sua oferta e estabelecer relações mais duradouras com os seus clientes, que resistam à passagem do tempo… e das estações do ano.