Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog PT Empresas

Conheça e inspire-se para melhorar o seu negócio. Siga as últimas tendências tecnológicas e conheça histórias de sucesso.

Guarda os seus documentos pessoais na nuvem? E os da empresa?

Guarda os seus documentos pessoais na nuvem? E os da empresa?

Cada vez que tira uma fotografia, ou grava um vídeo das férias ou de um momento de descontração, quando troca mensagens ou escreve um post numa rede social, está a usar um serviço cloud. Se confia neles para as suas informações pessoais o que o impede de usar os mesmos princípios na empresa?

 

 

A lógica de usar serviços de armazenamento remoto já tem muitos anos mas antes não era usado o nome de Cloud, ou nuvem, o termo que atualmente designa estes serviços e que ganhou maior importância como alternativa para os utilizadores individuais e as empresas.

 

Para muitos os serviços na nuvem são sinónimo de espaço ilimitado para guardar fotografias, vídeos, emails e outros documentos, sempre acessíveis em qualquer equipamento, disponíveis para sempre e com backup garantido. E normalmente tudo de forma gratuita.

 

Serviços de email como o Hotmail, Gmail, Yahoo mail, entre outros, ou alojamento de fotografias como o Google Photos, ou o na iCloud para quem tem iPhone ou iPad, popularizaram os serviços na nuvem sem que os utilizadores percebessem que estão na verdade a usar a famosa Cloud. Isto para não falar de ferramentas de alojamento de ficheiros como o Dropbox e a mais portuguesa Meo Cloud, ou de arquivo de músicas como o iTunes ou o Meo Music.

 

Muitas empresas já perceberam que a mesma lógica que os seus gestores e colaboradores usam na utilização da Cloud pode ser adotada a nível empresarial, mas com alguns ajustes muito relevantes a nível da segurança e da disponibilidade, fiabilidade e garantia de serviço.

 

Ao contrário dos modelos de disponibilização de serviços gratuitos, onde não há garantia real de continuidade e onde a segurança é muitas vezes um requisito menor, nas plataformas empresariais como a Cloud que a PT Empresas disponibiliza todos estes fatores são tratados com extremo cuidado. E a redução de custos, simplicidade e flexibilidade e eficiência também estão garantidos no “pacote”.

Muitas organizações já estão a explorar os benefícios da Cloud e o Grupo Amorim é apenas um dos muitos clientes da PT Empresas que confia nos serviços da empresa

 

Sustentada na sua rede de Data Centers, onde o Data Center da Covilhã assume um papel relevante, a oferta da PT Empresas cobre várias áreas e tem diversos fatores distintivos face à concorrência, não só pela experiência e a qualidade técnica da empresa mas também pela sua rede de comunicações de nova geração.

 

O Grupo Amorim é apenas um dos muitos clientes que já optaram por mudar alguns dos seus serviços para o Data Center da Covilhã, neste caso com a solução de Disaster Recovery para as aplicações críticas de negócio.

 

A IDC é uma das consultoras que tem apontado a mudança de serviços para a Cloud como inevitável, destacando as vantagens e oportunidades de melhoria de competitividade e transformação de modelos de negócio, avalizando que a maior parte das empresas já usa a cloud, seja em modelo privado, público ou híbrido. E em 2020, o investimento em cloud computing vai representar mas de 40% de todo o orçamento de TI das médias e grandes empresas, tornando-se um elemento relevante das estratégias ligadas às tecnologias.

 

Há ainda alguns mitos que precisam de ser desmontados dentro das organizações, mas o caminho para muitas soluções de colaboração passam cada vez mais pela Cloud. E a sua empresa, do que está à espera para começar a explorar esta tendência?